Salão do Artesanato Paraibano virtual promove lives de capacitação

Artesanato-Paraibano.jpg

Lives acontecem às 17h

O 32° Salão do Artesanato Paraibano, que nesta edição ocorre de forma virtual e tem como tema “Retalhos que conectam vidas”, está oferecendo uma série de consultorias via lives para artesãos e interessados em geral. 
 
Para assistir às lives, basta acessar o site do evento www.salaodoartesanatoparaibano.com.br, a partir das 17h. Um dos destaques é a oportunidade também de o público conhecer as artesãs homenageadas desta edição do Salão do Artesanato, que trabalham com as tipologias do fuxico e patchwork. A primeira artesã é Odaísa Aires da Silva.
 
“É mais um grande momento neste Salão inovador, que teve de se reinventar por conta das circunstâncias, por conta da pandemia. O artesanato paraibano tem conquistado todo esse espaço porque o governador João Azevêdo, a presidente de Honra do Programa do Artesanato da Paraíba, Ana Maria Lins, todos nós que fazemos o PAP acreditamos na capacitação para oferecer um produto cada vez melhor. Esta é a grande importância destas lives que iniciamos a partir desta quarta-feira”, disse Marielza, agradecendo a parceria com o Empreender-PB e o Sebrae, entre outros parceiros.
 
Fabrício Feitosa, secretário executivo do Empreender-PB, destacou que o programa vai oferecer uma série de serviços para os artesãos durante a live, que vai abordar dos desafios do mundo digital para o empreendedor.

“Vamos levar informações sobre a linha de crédito Empreender Artesanato. Estamos oferecendo uma para os participantes do Salão virtual, renovação de linha de crédito para quem já é cliente e novas inscrições”, disse, acrescentando que outro grande destaque é o mutirão de renegociação para o artesão que estiver em situação de inadimplência.
 
Balanço parcial – Os organizadores do 32° Salão do Artesanato Paraibano divulgaram um balanço parcial de vendas do evento que, por conta da pandemia, teve de se adaptar, adotando o formato virtual, por meio de uma parceria entre o Governo do Estado e o Sebrae. 
 
De acordo com o balanço, já são 133 mil visualizações, totalizando 1.816 solicitações de compra, orçamentos via contato, por exemplo. “Como muitos artesãos vendem via WhatsApp, não há ainda como saber o total parcial de maneira mais precisa. O que podemos adiantar é que estamos bem, seja pela experiência inovadora, seja pelas vendas em si”, frisou a gestora do PAP, Marielza Rodriguez.
 
Homenagem – A 32ª edição do Salão do Artesanato homenageia 14 artesãs que trabalham com as técnicas de fuxico e patchwork.
As artesãs homenageadas são: Rosângela da Rocha Pedro (Rosa Flor do Patchwork), Mariland Filgueira de Araújo, Janaína de Souza Silva, Odaísa Aires da Silva, Creosvalda Silva Araújo, Maria Alves dos Santos, Ana Maria de Holanda Silva, Ana Maria Trigueiro Beserra, Carolina Piquet, Maria do Socorro Costa, Honorina Cabral Figueiredo de Andrade, Elenilza França de Souza, Maria do Socorro dos Santos Leite e Izilda Firmina Pereira.

FONTE: Assessoria de Imprensa

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top