Igreja do Rosário dos Pretos é reaberta em Areia

dos-pretos-Copia.jpg

Escravos eram proibidos de ir a Igreja Matriz

Um dos monumentos mais importantes do município de Areia, localizado no brejo paraibano, reabre as portas para os visitantes. É a Igreja do Rosário dos Pretos, que estava fechada, há anos. A partir desta segunda-feira, 12, a histórica igreja poderá receber visitantes todos os dias.

A abertura da igreja só foi possível através de uma parceria da Prefeitura Municipal de Areia com o monsenhor Nicodemos, padre da cidade. A prefeitura colocou um funcionário especialmente treinado para que possa recepcionar fiéis e turistas que desejam conhecer o interior da Igreja do Rosário. “Esta era uma reivindicação antiga dos moradores e do trade turístico” afirma a prefeita Silvia Cunha Lima .

O secretário de Turismo do município, Francisco Lourenço, ressalta que os visitantes e fiéis não vão pagar nenhuma taxa de visitação. “Não será cobrada nenhuma taxa, afinal, é um templo sagrado, uma casa de Deus. A reabertura da Igreja do Rosário dos Pretos agrega um valor imensurável ao turismo de Areia”, destacou o secretário.

A Igreja do Rosário dos Pretos fica localizada em frente à Praça Ministro José Américo de Almeida, no centro da cidade.  Sua construção foi iniciada no século XVIII, em estilo barroco. A importância da igreja se dá por ter sido construída  com mão-de-obra dos escravos. Durante o período de escravidão no Brasil, os negros não podiam frequentar a Igreja Matriz das cidades, e, para eles, eram construídos templos específicos. A Igreja do Rosário dos Pretos de Areia é tombada como patrimônio histórico pelo Iphan – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

scroll to top